ASSOCIAÇÃO VISÃO COMUNITÁRIA

ASSOCIAÇÃO VISÃO COMUNITÁRIA: Fundada em 28 de Novembro de 1990, com registro no CNPJ/MF nº 32.882.748/0001-51, situada a Rua: Soldado Pedro Hilário Dos Santos, 249 Bairro São Conrado, Aracaju - SE, CEP 49042-230

FUNDADA NO PROPÓSITO DE TRAZER MELHORIAS NA QUALIDADE DE VIDA PARA A COMUNIDADE.
CONTATO: TEL:79-88214194

terça-feira, 20 de setembro de 2011

PMA RETIRA 34 FAMÍLIAS DA INVASÃO DA PRAINHA


Água do canal Santa Maria invadiu casas na prainha (Foto: Ascom / PMA)

A operação de desocupação das margens do canal Santa Maria, realizada na última segunda-feira pela Prefeitura de Aracaju, continuou na manhã desta terça-feira com a retirada de 34 famílias da invasão da Prainha e a derrubada dos barracos, inundados pela chuva desta madrugada. A grande maioria das famílias já possui cadastro na Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) e receberão auxílio-moradia no valor de até R$ 300.

As famílias foram conduzidas para abrigos públicos no bairro Jabotiana, enquanto equipes da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) faziam a transferência dos móveis e as máquinas da Emurb derrubavam os barracos. Assistentes sociais da Semasc checavam o cadastro dos moradores da invasão e aqueles que não estavam na listagem receberam encaminhando para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Santa Maria, onde a situação de cada família será avaliada por uma equipe técnica.

A diarista Adriana Alves Silva, 28, é mãe de sete filhos. Ela afirmou que depois do sofrimento vivido na madrugada desta terça-feira, quando a água do canal Santa Maria invadiu as casas, a continuar vivendo na invasão seria impossível. “Vamos estar bem melhores no abrigo. Desde uma hora da madrugada que estou com meus filhos no meio do nada, sem nenhum dormir. Chamamos os Bombeiros para nos socorrer e garantir a nossa segurança. Precisamos mesmo desse apoio da prefeitura”, declarou Adriana, cadastrada na Semasc com direito a receber o auxílio-moradia.

A operação de desmonte da invasão ocorreu sem problemas e foi acompanhada por 40 guardas municipais nos dois turnos. A Defesa Civil Municipal esteve presente, bem como equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), o Samu e a Rádio Patrulha da Polícia Militar.

Quirino

No local onde até esta segunda-feira existia a invasão do Quirino, trabalhadores da Emsurb retiravam na manhã desta terça-feira os últimos vestígios da ocupação irregular em área de risco. A invasão foi desmontada pela Prefeitura de Aracaju em uma operação comandada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania. Em duas etapas de ação no Quirino, foram retiradas 91 famílias e encaminhadas para casas de parentes ou abrigos públicos. A maioria já está morando em casas de aluguel pagas pela prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário